Não Tenho Fé na Humanidade

Posted: 22 de jan de 2016 by Lux Alt in Marcadores: , , , , , , ,
0

Nanquim e aquarela sobre sketchbook de papel pólen...

O desafio era um robô só em aquarela... Estava tão afim de usar minha tinteiro com nanquim que trapaceei... Consegui soltar um pouco mais a aquarela, sem me preocupar com limites de contornos... Funcionou um pouco. Em outros cantos até forcei essa saída de limites. Me limitei a usar somente esse pincel sintético da Condor, que por sinal foi bem versátil. Estou adorando-o. Deixei esse espaço superior direito em "branco" para adicionar uma poesia posteriormente... Acho que nem vai mais acontecer. Que tal plantar uma árvore essa semana?

Dos Materiais

Posted: 15 de jan de 2016 by Lux Alt in Marcadores: , , , ,
0

Outra caneta tinteiro. Essa é a chinesa Jinhao 599 (primeira versão)
Corpo e tampa de metal e pena pratiada de aço estilo/inspirada na alemã Lammy Safari.

Possui uma ponta média, mas tem uma escrita bem fina para tal pena. Na foto está com nanquim vermelho da Acrilex. Tem uma boa pegada mesmo sendo de metal não pesa. A escrita flui e o melhor, vem com conversor universal. Será minha caneta oficial para traço fino

Relembrando Para O Futuro

Posted: 14 de jan de 2016 by Lux Alt in Marcadores: , , , ,
1

Uma coisa muito boa que me aconteceu em 2015 foi voltar a desenhar. Estou longe de ter a produtividade que tinha antigamente. Mas foi um recomeço. Assim como desenhar, depois de quase 2 anos sem muita produtividade para cá quero recomeçar a postar. Contudo escolhi retomar as coisas de um modo um pouco diferente... Geralmente as postagens aqui, apesar de falar muito de mim, como nas poesias e nas músicas, não é como se fossem de uma pessoa em si, entretanto de um personagem distante. Nunca imaginei um blog como um periódico informal. Mas acho que chegou o momento disso talvez acontecer.
Se isso realmente significará mais produtividade... Veremos.


Esse desenho foi desenvolvido no início de 2015, quando adquiri uma aquarela Pentel, um pouco melhor do que a anterior (Marie’s). A ideia era fazer uma coisa bem solta e de tinta fluída... Um desenho queer com traços fortes e quadrados e com pintura mais livre e contrastada com essas formas duras. Mas pelo visto a influência comic para pintura/desenho não deixou isso acontecer facilmente. É questão de treino...


- Mais desenhos.