Sonhos Esquecidos Pelo Próprio Bem

Posted: 30 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , ,
1

Os sonhos faleceram mesmo sob armas de heróis pervertidos.
Todos sempre falam sobre dar poder para se conhecer alguém.
Mas nunca haverá quem dê poder a ninguém...
Afinal ninguém reconheceu heróis bem sucedidos...
Todos os heróis de suas miseráveis vidas vazias. Todos fodidos!
Em silêncio sob o olhar censor de quem se deu bem,
A vida vai esvaziando aos cantos desses caminhos perdidos...
Sem tocar o próprio silêncio, não se sabe o que há além.
Ao fim, todos os devaneios de viver permaneceram falidos.
Como nunca iniciados, como nunca existidos... Tudo bem...
É só uma ilusão de heroísmo viver sem sermos corrompidos.
Afinal heroísmo é viver e alcançar ser alguém além de alguém.
Afinal por mais que lute, nem sempre você é o que você tem.

Sonhos Em Teias

Posted: by Lux Alt in Marcadores: , , ,
0

Seguindo a intangível transparência dos sonhos,
Vamos agarrando-se a teias de incertezas.

Livres Tendências

Posted: by Lux Alt in Marcadores: , ,
0

        Safira tornou-se nudista por querer sentir-se mais livre e porque odiava como a moda aprisionava e ditava como deveria se vestir. Contudo, em sua comunidade, se tornou depiladora artística. Sempre ditando as tendências mais atuais.

Simples Comparação (Ou Constatação) - Poetronic Music

Posted: 29 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , ,
0

Poetrix originalmente publicada em 30/05/2010.

Basta Viver

Posted: by Lux Alt in Marcadores: , , , , ,
0

Como se não já bastasse a gravidade na terra,
As pessoas tentam se subjugar ao alento do chão!
Como se não bastasse a constante morte em guerra,
As pessoas querem viver sobrevidas em autoexclusão.

Como se não já bastasse a dor de respirar esse ar,
As pessoas tentam sufocar-se com tóxicos juízos.
Como se não já bastasse tantas lágrimas a rolar,
As pessoas se reprimem em chorar, gozar ou dar risos...

Como se não bastasse a vida ser real pesadelo,
As pessoas querem ditar limite do ensejo onírico!
Como se não bastasse o ter que detestar o espelho,
As pessoas querem que o auto flagelo seja empírico.

Como se não bastasse ter que viver a própria vida,
As pessoas querem encenar para cada personagem em cena.
Como se não bastasse ter pena por uma vida nunca vivida,
As pessoas querem matar as outras nessa vital arena...
As pessoas só querem felicidade plena,
Se a felicidade alheia for violentamente emudecida!


Em Penúria

Posted: 27 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , , ,
0

O céu então ruiu,
Da chuva em lamúria...
Quando o Sol partiu.

Beijo Oco

Posted: 24 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , ,
0

Quando adolescente apaixonava-se por vazios...
O tempo passou e o vazio consumiu qualquer paixão.

Desenho original de 2005. (As coisas mudaram... Principalmente noção de anatomia!)

Planos Ao Vento

Posted: by Lux Alt in Marcadores: , , ,
0

Anne se cansou de projetar tudo na vida e nada do planejado acontecer. Cansou de estudar e correr em busca de sonhos alheios. Um dia decidiu pegar um barco e seguir pelo caminho que o vento levasse. Sem planejar nada. Passou a se surpreender a cada amanhecer. Pois sempre acordava com o vento em seu rosto em um novo lugar.

Simbiose De Certezas - Poetronic Music

Posted: 21 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , , ,
0

Poesia originalmente publicada em 29/08/2010.

Jardim Temporal

Posted: by Lux Alt in Marcadores: , , , ,
0

E o dia ensolarado que esperava para plantar, não aconteceu.
E o momento para dizer “eu te amo” nunca chegou.
Você deixou passar as primaveras e apodreceu...
Os sentimentos, o tempo amargou.

Você esperou em vão o dia exato para ser usual,
Enquanto todos fizeram o contrário...
Você calou com medo dum não consensual.
Enquanto todos saíram do armário...
Você só queria mais tempo para ser imortal...
Mas o jardim secou antes de um pacto agrário...
E no sonho identitário você ficou sem ser real.

Lux Alt - Goodtrip [2013]

Posted: 18 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , , , ,
1

01 - Crepúsculo Boreal - Intro

02 - Ceu Derretido (Bike 2000 Mix)

03 - A Porta Do Saber (Ganesha Mix)

04 - Atraso (Teddy Bear Mix)

05 - Dementia Praecox (Shiva Mix)

06 - Voar... Voar... (Bike 2000 Mix)

07 - Olhos Secos - Outro (Alice Mix)



Esse bootleg não é um álbum musical. Contudo há musicalidade. É um conjunto de experimentações que registram experiências. É algo para ouvir e sentir mais do que só ouvir. É algo experimental para experimentação e acompanhamento.
A pretensão não foi fazer algo agradável ou dançante ou apropriado ao deleite ordinário. Embora isso possa acontecer. Portanto deixe de lado julgamentos técnicos ou de enquadramento e sinta. Experimente o êxtase.

Senti amor, senti paz, me senti abraçado pelo mundo, me senti protegido debaixo do edredom, senti como se o tempo não existisse, senti amor por tudo, me senti parte do mundo e de todas as suas coisas, senti mais de mim, senti mais do mundo. Senti.

O Mago na Melancia

Posted: 17 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , ,
0

Desenho de 2005, originalmente publicado como capa do zine DeMente Especial.

Em Maquinal Rumo

Posted: 11 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , , ,
0

Tanto vício pela atualidade,
                   Escraviza-nos em consumo,
                               De tecnocrata futilidade...

Boca Embolada

Posted: 10 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , ,
0

O famoso jogador de futebol jamais poderia revelar ao mundo sua atração pelo rapaz que conhecera na academia do clube. Saíram algumas vezes como amigos... Entretanto logo passaram a ter um acalorado relacionamento secreto. O jogador dizia que não gostava de beijar na boca, contudo adorava fazer uma chupeta. E graças aos paparazzi suas bocas foram parar nas escandalosas manchetes dos jornais. Ele gostando ou não.

Língua Lúbrica

Posted: 6 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , , ,
0

“Você fala mais por seu genital do que sua língua...
Por favor... Quando você vai me fazer gozar?”

Torpe Tentativa

Posted: 5 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , ,
0

Tentei incessantemente limpar minha sombra...
Tentei ser uma pessoa melhor e mais pura.
Mas a pureza da realidade é o que assombra,
E não importa quanto tente, a vida fica mais dura!

Tentei incessantemente não cair em meretrício,
Tentei não vender meu ego em troca de trocados.
Mas trocamos tudo de nós para sustentar o vício,
E não importa o que digam, é melhor cair em pecados!

Tentei incessantemente produzir menos desperdício,
Tentei ignorar para não cair em nenhum dos lados...
Contudo, mesmo em vãs tentativas, estamos todos condenados
Ao mesmo social hospício.

Sala Meio Vazia - Poetronic Music

Posted: 2 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , , , ,
0

Poesia originalmente publicada em 30/10/2010.

O Amor Jaz Atroz

Posted: 1 de set de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , ,
0

Sentimentos espectrais,
Como os sonhos de nós,
Esvaíram-se por egoísmos frugais.